.

RN contabiliza 20 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 12 dentro do dia; novos casos são 755

19 Abr2021

Por Jbelmont às 13h41

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (19). Foram mais 755 casos confirmados, totalizando 213.447. Até domingo (17) eram 212.692 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.126 no total, sendo 12 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (02), Mossoró(02), Macaíba(01), São Gonçalo do Amarante(01), Caicó(01), Assu(01), Acari(01), Caraúbas(01), São Paulo do Potengi(01) e Portalegre(01).

A Sesap ainda registrou outros 8 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.025. No domingo (18) o número total de mortes era 5.106 mortes.

Casos suspeitos somam 52.689 e descartados 435.589. Recuperados são 150.649.

Deixe seu comentário

Estudante de educação física da UERN morre de Covid-19 aos 32 anos; instituição emite nota de pesar

19 Abr2021

Por Jbelmont às 12h43

O portal G1-RN noticia que após 15 dias internado, o estudante de educação física da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) Tiago Fernandes do Nascimento morreu de Covid-19 nesta segunda (19).

A UERN decretou em luto oficial e a Faculdade de Educação Física (Faef) suspendeu as aulas desta segunda-feira.

Nota:

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) lamenta profundamente o falecimento do estudante do oitavo período período do curso de educação física do Campus Central, Tiago Fernandes do Nascimento.

Tiago lutou bravamente contra as complicações decorrentes da Covid-19, mas, nesta segunda-feira (19), não resistiu.

A Uern presta sua solidariedade aos familiares e amigos.

A universidade está em luto oficial e a Faculdade de Educação Física (Faef) suspendeu as aulas que seriam realizadas hoje.

32 ANOS

Deixe seu comentário

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid-19 de 95,4%

19 Abr2021

Por Jbelmont às 12h37

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 95,4%, registrada no fim da manhã desta segunda-feira (19). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 688.

Até o momento desta publicação são 17 leitos críticos (UTI) disponíveis e 351 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 80 disponíveis e 337 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 95,9% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 99,1% e a Região Seridó tem 82,5%.

Deixe seu comentário

RN tem 58 pacientes com Covid-19 à espera de UTI

19 Abr2021

Por Jbelmont às 12h35

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta segunda-feira(19) 58 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h10, o estado tinha 17 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Deixe seu comentário

Polícia Civil prende dois suspeitos de assaltos a bancos no interior do RN; arsenal com fuzis e mais de 20 kg de explosivos é apreendido

19 Abr2021

Por Jbelmont às 11h48

Policias civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR ), com apoio da Delegacia Municipal de Alexandria e da Delegacia de Furtos e Roubo de Campina Grande (DEFUR), prenderam, no sábado (17), Camilo Cassimiro Nunes, conhecido como “Camilo Bombado”, 31 anos, e Allan Pereira Paes Maciel, conhecido como “Allan Capacete”, 25 anos. Ambos são suspeitos de integrar uma facção criminosa e investigados por assaltos a agências bancárias, ocorridos em São Paulo do Potengi, em outubro de 2020.

Em desfavor de Camilo Nunes, existiam quatro mandados de prisão em aberto e ele responde a nove processos judiciais. O suspeito estava escondido na Zona Rural de Alexandria, onde foi preso com duas pistolas calibre 9mm, sendo uma com seletor de rajada e numeração suprimida, além de dezenas de munições do mesmo calibre. No momento da abordagem, Camilo Nunes apresentou um documento falso, mas foi reconhecido pelos policiais.

Após a sua prisão, Camilo Nunes colaborou com os policiais, indicando uma granja onde estavam enterrados os seguintes materiais: três fuzis de calibres 5,56 e 7,62; aproximadamente mil munições calibre 5,56; 90 munições de calibre 7,62; 13 munições de calibre 12; 142 munições de calibre 9mm; mais de 20kg de explosivos, seis coletes balísticos (sendo um da Polícia Civil e outro da Polícia Militar do RN), balaclava e roupas utilizadas nas ações criminosas. Camilo Nunes confirmou que esse vasto material seria utilizado no resgate de presos de alta periculosidade, em um presídio daqui do Rio Grande do Norte.

Durante a operação, Allan Maciel, também foragido da Justiça, foi preso em João pessoa, por policiais da DEFUR de Campina Grande. Com ele, foram apreendidos um documento de identidade falso e munições calibre .50. Camilo Nunes e Allan Maciel foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (Whatsapp).´

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOM

Deixe seu comentário

Em alguns Estados, covid-19 já ‘rouba’ mais de 3 anos da expectativa de vida

19 Abr2021

Por Jbelmont às 08h25

O brasileiro poderá esperar viver menos por causa da pandemia de covid-19. A expectativa de vida no Brasil pode cair até mais de três anos e meio, dependendo da região, por causa do impacto da doença nos índices de mortalidade. O Distrito Federal é o local mais afetado, com uma redução estimada de 3,68 anos. O Norte, porém, é a região mais afetada. Lá, as piores situações são a do Amapá (com redução de 3,62 anos), de Roraima (recuo de 3,43) e do Amazonas (menos 3,28).

Em São Paulo, unidade da Federação com mais casos do novo coronavírus, a perda deve chegar a 2,17 anos. Será a primeira redução nesse indicador nacional desde 1940, conforme os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em média, a redução da expectativa de vida em todo o Brasil será de praticamente dois anos (1,94). O número é resultado direto das mais de 350 mil mortes já registradas no País pela doença.

Os dados estão em estudo liderado pela pesquisadora brasileira Marcia Castro, do Departamento de Saúde Global e População da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard. O trabalho foi submetido para publicação na MedRxiv, da Universidade de Yale.

Em 1940, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer era muito baixa, de 45,5 anos. Depois disso, com redução da mortalidade infantil e outros avanços da Medicina e do País, o número vem crescendo consistentemente. Em 1980, chegou a 62,5 anos e, no ano 2000, a 69,8. Nas últimas duas décadas, os ganhos foram um pouco mais lentos. Mesmo assim, nunca se registrou decréscimo. Atualmente, a expectativa de vida do brasileiro é de 76,6 anos.

E essa queda não será pontual. “Quando acontece um conflito, uma pandemia, algo severo assim, é comum ver esse declínio de expectativa de vida; foi assim na gripe espanhola e nas guerras mundiais”, afirma a demógrafa Márcia Castro. “Mas se espera sempre que seja algo temporário, um ponto fora da curva, e logo depois tudo retorne à normalidade. No caso do Brasil, já estamos vendo que 2021 vai ser pior que o ano passado. Existem Estados que somam mais mortes agora do que ao longo de todo 2020, como Amazonas e Rondônia. Além disso, existe uma demanda represada por atenção primária e procedimentos de rotina.”

Desigual
A Região Nordeste também sofreu um impacto importante, ainda que não tão grave quanto o registrado no Norte. Ali, entre os Estados mais afetados estão Sergipe (redução estimada de 2,21 anos), Ceará (2,09) e Pernambuco (2,01). No Sudeste, a situação mais grave é a do Espírito Santo (com uma perda estimada de 3,01 anos), seguido de Rio (2,62) e de São Paulo (2,17). No Sul, as estimativas de perda de expectativa de vida estão abaixo dos dois anos para os três Estados.

“Essas diferenças, em grande parte, eram esperadas pois refletem as desigualdades regionais, no que diz respeito ao número de médicos, de leitos hospitalares, infraestrutura. No Amazonas, por exemplo, todos os leitos de UTI estão concentrados em Manaus”, afirma Márcia.

“Por outro lado, a maioria dos governadores da Região Norte são apoiadores do governo federal e tomaram decisões muito alinhadas às da Presidência”, continua ela. “A Região Nordeste, a despeito de ter desigualdades comparáveis às da Região Norte, não teve uma perda de expectativa de vida tão grande, porque os governos adotaram mais medidas de prevenção. São vários fatores. Desigualdades importam, decisões políticas importam; é um mosaico complicadíssimo.”

ESTADÃO

Deixe seu comentário

Mulher é morta após a própria festa de aniversário no RN; namorado é suspeito

19 Abr2021

Por Jbelmont às 08h19

Uma mulher identificada como Lorena Patrícia da Silva foi assassinada na noite deste sábado (17) durante sua festa de aniversário, na cidade de Taipu. O apontado como autor do crime é o namorado da vítima, conhecido como Nailson ou Bradock. As informações são do jornalista Jacson Damasceno, publicadas por meio de uma rede social.

No vídeo abaixo é possível ver Lorena comemorando os 25 anos em uma espécie de clube da cidade. No transcorrer da comemoração, o namorado ficou com ciúme pelo fato de ela estar de biquíni e ter dançado com um primo dele.

Houve uma grande confusão e a vítima saiu do clube levada pela irmã, mas foi morta a facadas pelo namorado no meio da rua. A irmã dela também foi ferida e o suspeito está sendo procurado.

GRANDE PONTO

Deixe seu comentário

Brasil registra mais de 12,3 milhões de pessoas curadas da covid-19

18 Abr2021

Por Jbelmont às 23h05

Foto: reprodução

O Brasil registrou neste domingo (18) mais 46.738 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 12.391.599 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas representa 88,8% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é mais de dez vezes superior ao número de casos ativos (1.178.137), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que 120,5 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram, de acordo com o site Wolrdometers.

Deixe seu comentário

América-RN vence o ABC por 1 a 0 no primeiro Clássico Rei do ano.

18 Abr2021

Por Jbelmont às 19h21

Com um gol do atacane Wallace Pernambucano logo no início da partida, o América-RN venceu o ABC por 1 a 0, no primeiro Clássico Rei de 2021, válido pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Potiguar.

A partida ainda teve a expulsão de Geovani pelo lado alvirrubro e Marco Antônio do Mais Querido que se desentenderam em uma jogada. Após serem expulsos, os jogadores se cumprimentaram no caminho para os vestiários.

Com o resultado, o América-RN chega aos 13 pontos e divide a liderança com o Globo. O ABC é o quarto, com sete pontos, mas tem dois jogos a menos que América e Globo.


Deixe seu comentário

COVID: Brasil registra 1.657 óbitos e 42 mil novos casos nas últimas 24h

18 Abr2021

Por Jbelmont às 18h42

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (18):

– O país registrou 1.657 óbitos nas últimas 24h, totalizando 373.335 mortes;

– Foram 42.980 novos casos de coronavírus registrados, no total 13.943.071 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 12.391.599, com o registro de mais 46.738 pacientes curados. Outros 1.178.137 pacientes estão em acompanhamento

 

Estados
Subindo (8 estados): AC, AP, ES, GO, MG, PA, RJ e RR;
Em estabilidade (13 estados): AL, AM, BA, MA, MS, PE, PI, PR, RO, RN, SE, SP e TO;
Em queda (5 estados e o Distrito Federal): CE, DF, MT, PB, RS e SC.

 

Deixe seu comentário

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 94,2%

18 Abr2021

Por Jbelmont às 12h36

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 94,2%, registrada por volta das 11h40 deste domingo (18). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 700.

Até o momento desta publicação são 22 leitos críticos (UTI) disponíveis e 355 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 69 disponíveis e 345 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 93,4% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 98,2% e a Região Seridó tem 87,5%.

Deixe seu comentário

Saúde RN tem 52 pacientes com Covid-19 à espera de UTI

18 Abr2021

Por Jbelmont às 12h29

O Rio Grande do Norte registrou no início da tarde deste domingo (18) 52 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h22, o estado tinha 20 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes (27) é da região metropolitana de Natal.

Deixe seu comentário

RN contabiliza 13 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 8 dentro do dia; novos casos são 802

18 Abr2021

Por Jbelmont às 12h06

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste domingo (18). Foram mais 802 casos confirmados, totalizando 212.692. Até sábado (17) eram 211.890 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.106 no total, sendo 8 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (01), Assu (02), São Miguel (01), Cerro Corá (01), Parnamirim (01), Governador Dixsept rosado (01) e Mossoró (01).

A Sesap ainda registrou outros 5 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.015. No sábado (17) o número total de mortes era 5.093 mortes.

Casos suspeitos somam 52.701 e descartados 434.494. Recuperados são 150.649.

Deixe seu comentário

Bebê morre eletrocutado ao morder fio de carregador de celular

18 Abr2021

Por Jbelmont às 09h18

Um bebê de 8 meses não resistiu a um choque elétrico que recebeu ao morder o fio do carregador de celular. O acidente aconteceu na cidade de Araçoiaba, Grande Recife. A Polícia Civil abriu investigação para apurar as circunstâncias da morte e as responsabilidades.

Segundo a família, Talisson Fidélis estava com a avó quando foi eletrocutado. Ela não percebeu que o menino teve acesso ao equipamento plugado na tomada.

“Ela está dopada. Ficou em choque. Está se culpando pelo que aconteceu”, disse Emerson Fernando, pai de garoto, ao UOL.

Ele contou que estava com a esposa em uma consulta quando soube do choque. “Minha mulher está grávida de três meses. Fui com ela ao pré-natal, por isso ele ficou com a avó. Não sei nem o que dizer, meu Deus. Meu filho virou anjinho”, desabafou.

Fonte: Uol

GRANDE PONTO

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.363: aposta de São Paulo leva sozinha prêmio de R$ 40 milhões

17 Abr2021

Por Jbelmont às 22h30

Veja as dezenas sorteadas: 06 14 24 34 39 58  Outras 77 apostas acertaram a Quina.


Uma aposta de São Paulo (SP) acertou os seis números sorteados no concurso 2.363 da Mega-Sena e vai levar sozinha o prêmio de R$ 40.076.100,78. O sorteio foi realizado na noite deste sábado (17), no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Veja as dezenas sorteadas: 06 14 24 34 39 58

Outras 77 apostas acertaram a Quina e vão receber R$ 49.919,36. Já as 5.169 apostas que acertaram quatro dezenas vão receber R$ 1.062,31 cada.

O próximo concurso (2.364) será na quinta-feira (22) e o prêmio estimado é de R$ 2,5 milhões.


Deixe seu comentário

Governo Federal passa marca de 50 milhões de vacinas anticovid distribuídas aos Estados

17 Abr2021

Por Jbelmont às 20h50

Foto: Força Aérea Brasileira

O governo federal passou a marca de 50 milhões de vacinas distribuídas aos Estados e ao Distrito Federal, de acordo com os dados do LocalizaSUS deste sábado (17.abr.2021). Até o fechamento da reportagem, o registro mostrava 53.493.436 de doses enviadas.

Dessa quantidade, 40,7 milhões são doses da CoronaVac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac; 11,6 milhões do imunizante da AstraZeneca, produzido no Brasil pela Fiocruz; e outro 1 milhão também da AstraZeneca, enviadas pela aliança global Covax Facility em março. A campanha de imunização nacional começou em 18 de janeiro.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a marca em suas redes sociais, afirmando que 28,4 milhões de doses foram aplicadas.


Estados e Municípios

Do total de doses recebidas, os Estados repassaram 93,7% aos municípios (50 milhões). São Paulo é a cidade que mais recebeu: 3,3 milhões. Em 2º lugar está o Rio de Janeiro, com 2,3 milhões. As outras localidades registram menos de 1 milhão.

O Poder360 mostrou em 16 de abril que os municípios brasileiros levam, em média, 17,8 dias para aplicar vacinas contra a covid-19 já entregues aos Estados pelo governo federal. O levantamento considerou o tempo que passa do momento que as doses são entregues à capital do Estado até a aplicação.

Deixe seu comentário

COVID: Brasil registra 2.929 óbitos e 67 mil novos casos nas últimas 24h

17 Abr2021

Por Jbelmont às 20h06

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (17):

– O país registrou 2.929 óbitos nas últimas 24h, totalizando 371.678 mortes;

– Foram 67.636 novos casos de coronavírus registrados, no total 13.900.091 pessoas já foram infectadas.

Estados

Subindo (11 estados): AC, AP, ES, GO, MG, PA, PE, PR, RJ, RR e SE;
Em estabilidade (11 estados e o Distrito Federal): AL, AM, BA, CE, DF, MA, MS, PI, RN, RO, SP e TO;
Em queda (4 estados): MT, PB, RS e SC.

Deixe seu comentário

Jovem dá à luz gêmeas, contrai covid-19 e morre sem conhecer as filhas

17 Abr2021

Por Jbelmont às 20h03

Foto: G1 Santos

Após dar à luz prematuramente duas meninas gêmeas, uma jovem de 27 anos morreu nesta sexta-feira (16), no HGA (Hospital Guilherme Álvaro), em Santos. Ela passou um mês internada por conta da gravidez, de alto risco. Nathanny Ribeiro da Silva era hipertensa, tinha problemas sérios no coração e na tireoide e, pouco antes da cesariana de emergência, contraiu covid-19.

A enfermeira Ana Paula Maria Ramos é gerente da Usafa (Unidade de Saúde da Família) do bairro Sítio Conceiçãozinha, no Guarujá, onde a mãe morava.

A profissional de saúde acompanhou de perto a evolução da gravidez de Nathanny Ribeiro da Silva desde as primeiras semanas. Ela declarou a jovem, que deixou outros dois filhos pequenos, já havia sido aconselhada pelos profissionais da unidade a não engravidar novamente.

“A primeira gestação dela já foi muito difícil. Ela foi orientada a utilizar métodos contraceptivos, mas ela era muito teimosa”, conta, lembrando que no bairro, uma pequena comunidade carente na cidade do Guarujá, todos se conhecem. “Ela vinha muito à unidade. Mas não seguiu as recomendações e acabou engravidando do segundo filho”.

Quando Nathanny ficou grávida das gêmeas, Ana Paula sabia que o risco seria dobrado. E garante que, tanto ela quanto a equipe da unidade de saúde, fizeram de tudo para garantir que a jovem fosse assistida de perto.

“Ela parecia não entender a gravidade da situação, estava sempre muito alegre e sorridente. E às vezes não aparecia nas consultas do pré-natal. Eu ou alguém da equipe íamos até a casa dela para saber se estava tudo bem”.

O último atendimento que a enfermeira prestou a Nathanny foi no dia 05 de março. A pressão estava normal e a saúde da jovem parecia estável. “Depois desse dia, ela sumiu. Soube que havia procurado o HGA, que é especializado em gravidez de risco. Ela queria muito ter as bebês”.

Fuga do hospital

A Secretaria de Saúde do Estado informou que Nathanny deu entrada no dia 15 de março no Hospital Guilherme Álvaro já com quadro grave, com gestação de risco e histórico de comorbidades. Devido à gravidade clínica, foi internada na UTI e estava assistida por equipe multidisciplinar, retornando à enfermaria no dia 19.

No dia 21 de março, a jovem fugiu do hospital, onde estava internada antes mesmo antes mesmo da conclusão dos cuidados necessários e da alta médica. Um boletim de ocorrência (513981/2021) ao qual o UOL teve acesso foi registrado pela Polícia Civil no dia 22 de março, às 11h17.

Na madrugada do dia 23, a jovem começou a passar mal em casa. Com falta de ar, foi levada de volta ao HGA que, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, já havia contatado a família, solicitando o seu retorno.

Ao realizarem uma tomografia, os médicos descobriram uma mancha nos pulmões e ela foi mantida no isolamento da maternidade, com suspeita de covid-19. Os exames deram positivo. No dia 25, a equipe realizou uma cesária de emergência e ela deu à luz as gêmeas, que nasceram prematuras, com sete meses.

Nathanny sequer pôde segurar as crianças. Logo após o parto teve que ser sedada, intubada e assim permaneceu, numa UTI específica para casos da doença, até a última quinta-feira (15), quando – já não respondendo mais aos tratamentos – acabou falecendo, às 12h46.

O corpo da jovem foi sepultado nesta sexta-feira (16), no Cemitério Jardim da Paz, em Guarujá.

Thaís Ribeiro, 21 é irmã de Nathanny. Ela informou ao UOL que, quando ela procurou o HGA, já não se sentia bem. Ela sentia uma pressão no peito e na barriga e já não conseguia respirar normalmente. “Quando minha mãe foi ao HGA receber a notícia do falecimento dela, disseram que a causa da morte tinha sido um problema no coração, não a covid-19. Mas quando ela voltou, após ter fugido, colocaram ela numa sala com um paciente que já estava intubado por conta da doença. E ela começou a ficar com muito medo de ter a covid. Acreditamos que ela acabou pegando lá”.

“Foram seguidos todos os protocolos, tanto para a gestação de alto risco quanto para casos de coronavírus, sendo incorreto afirmar que ela teria se infectado na unidade, uma vez que deixou o serviço contra indicação médica. Durante a internação, o hospital prestou atendimento dentro dos protocolos, forneceu informações aos familiares e segue à disposição dos mesmos”, afirmou a Secretaria de Saúde, na nota.

Avó precisa de ajuda

Nathanny morava com o namorado e não trabalhava. Agora os quatro filhos da jovem estão sob os cuidados da avó materna, que não quis dar entrevistas por conta do luto. A família, de origem muito humilde, precisa de doações para as gêmeas, Lívia e Lavínia, que nasceram saudáveis, livres da covid-19 e já estão sob o atendimento direto da enfermeira Ana Paula.

Fraldas, produtos de higiene, leite em pó podem ser encaminhados à Usafa do Sítio Conceiçãozinha, que fica na R. Nova Esperança, 11, em Vicente de Carvalho.

“Queremos ajudar, conhecemos a família e tínhamos um carinho grande pela Nathanny. Além de ser gerente da Usafa, estou sempre tentando fazer mais, por ser uma comunidade muito carente. Quem puder ajudar, é só me procurar lá na Usafa”, concluiu Ana Paula.

UOL

Deixe seu comentário

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 96,6%

17 Abr2021

Por Jbelmont às 16h54

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 96,6%, registrada por volta das 12h50 deste sánado (17). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 716.

Até o momento desta publicação são 13 leitos críticos (UTI) disponíveis e 365 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 62 disponíveis e 331 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 95,2% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 100% e a Região Seridó tem 95%.

Deixe seu comentário

RN tem 48 pacientes com Covid-19 à espera de UTI

17 Abr2021

Por Jbelmont às 16h50

O Rio Grande do Norte registrou no início da tarde deste sábado (17) 48 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h55, o estado tinha 13 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes (32) é da região metropolitana de Natal.

Deixe seu comentário

Saúde RN contabiliza 48 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 20 dentro do dia; novos casos são 840

17 Abr2021

Por Jbelmont às 12h51

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (17). Foram mais 840 casos confirmados, totalizando 211.890. Até sexta-feira (16) eram 211.050 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.093 no total, sendo 48 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (05), Parnamirim (02), Mossoró (04), São Gonçalo do Amarante (01), Caraúbas (01), São José da Campestre (01), Assu (01), São Paulo do Potengi (01), São Tomé (01), Apodi (01), Afonso do Bezerra (01) e Lagoa de Pedras(01).

A Sesap ainda registrou outros 28 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.009. Na sexta-feira (16) o número total de mortes era 5.045 mortes.

Casos suspeitos somam 52.736 e descartados 433.314. Recuperados são 150.649.

NG

Deixe seu comentário

RN tem 121 municípios em risco ou zona de perigo para taxa de transmissibilidade da covid-19

17 Abr2021

Por Jbelmont às 12h34

 

Imagem: reprodução/LAIS/UFRN

O Rio Grande do Norte soma 121 municípios em zona de risco ou de perigo para a taxa de transmissibilidade [R(t)] da covid-19. Isso significa que, nessas localidades, a taxa de transmissão do coronavírus acima de 1,03.

No geral, o estado tem taxa de 0,76, de acordo com o dado mais recente divulgado pelo Laboratório de Inovação tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

De acordo com a plataforma, o RN tem 15 municípios em zona de perigo, quando a R(t) é superior 2,00. Isso significa dizer que, estatisticamente falando, 100 pessoas doente contaminarão 200 saudáveis. O nível é o mais alto na escala apontada pelo Lais. A população do RN dentro dessa zona é de 70.953. Nesse quesito, Januário Cicco é a cidade que mais preocupa, com 5,00 de taxa.

Em zona de risco, com taxa maior que 1,03 e menor ou igual a 2,00, estão 106 municípios. A população dentro dessa faixa é de 2.445.942. As duas principais cidades do RN estão neste grupo: Natal (1,07) e Mossoró (1,14). Já na zona neutra, com taxa de transmissibilidade maior do que 1,00 e menor ou igual a 1,03, estão cinco municípios. A população potiguar dentro desta faixa é de 203.026. Caicó (1,01) e São Gonçalo do Amarante (1,02) são as principais cidades englobadas nessa zona.

Na zona segura, a recomendada para controlar a disseminação da doença com taxa menor ou igual a 1,00, estão 41 municípios e 786.932 habitantes potiguares. Parnamirim, Macaíba e Açu estão entre os municípios dentro desse grupo.

De acordo com o Lais, a taxa de transmissibilidade é um indicador importante para analisar a pandemia do coronavírus. No entanto, o laboratório destaca que os dados não podem ser utilizados separadamente. “É preciso considerar outros indicadores nas avaliações dos contextos epidemiológicos”, apontou.

Confira os dados em todos os municípios do RN, separados por zonas:

Zona de perigo (taxa maior que 2,00)

Januário Cicco 5,00
Barcelona 4,97
Ruy Barbosa 4,63
Lagoa de Velhos 4,56
Major Sales 4,14
Riacho de Santana 3,61
Baía Formosa 3,60
Passagem 3,23
Riacho da Cruz 2,92
Pedra Grande 2,42
Água Nova 2,37
São Pedro 2,28
Timbaúba dos Batistas 2,28
Martins 2,21
Santana do Seridó 2,06

Zona de risco (taxa maior que 1,03 a menor ou igual a 2,00)

Itaú 2,00
Jundiá 1,90
Jaçanã 1,89
Triunfo Potiguar 1,85
Jucurutu 1,84
Maxaranguape 1,81
Lagoa D’anta 1,76
Vera Cruz 1,75
Messias Targino 1,74
Coronel João Pessoa 1,71
Carnaubais 1,70
Taboleiro Grande 1,66
Luís Gomes 1,65
Vila Flor 1,64
Pedro Avelino 1,63
Ipanguaçu 1,61
Parazinho 1,61
Serra Caiada 1,60
Serra do Mel 1,58
Jardim de Piranhas 1,57
Pedra Preta 1,57
Tibau 1,55
Venha-Ver 1,54
Macau 1,52
Coronel Ezequiel 1,51
São Miguel 1,48
São José do Campestre 1,47
São João do Sabugi 1,46
Várzea 1,46
Angicos 1,44
Lajes Pintadas 1,44
Augusto Severo 1,43
Antônio Martins 1,42
Olho D’água do Borges 1,42
Serra Negra do Norte 1,38
Lajes 1,37
Portalegre 1,35
Bom Jesus 1,33
Campo Redondo 1,33
Sítio Novo 1,32
Florânia 1,31
Caiçara do Norte 1,30
Pedro Velho 1,29
Santana do Matos 1,29
Itajá 1,27
São Tomé 1,27
Carnaúba dos Dantas 1,26
Cerro Corá 1,26
Pendências 1,26
Equador 1,25
Caiçara do Rio do Vento 1,24
Alto do Rodrigues 1,23
Umarizal 1,23
Baraúna 1,22
Goianinha 1,22
São Miguel do Gostoso 1,22
Tenente Laurentino Cruz 1,22
Bento Fernandes 1,21
Japi 1,21
Pureza 1,21
São Rafael 1,21
São Bento do Norte 1,20
Nova Cruz 1,19
Viçosa 1,18
Canguaretama 1,17
Marcelino Vieira 1,17
Passa e Fica 1,17
Lagoa de Pedras 1,16
Nísia Floresta 1,16
Patu 1,16
Tibau do Sul 1,16
Caraúbas 1,14
João Câmara 1,14
Monte das Gameleiras 1,14
Mossoró 1,14
Rio do Fogo 1,14
Serrinha dos Pintos 1,14
Areia Branca 1,13
Ielmo Marinho 1,13
Paraná 1,13
Touros 1,13
Espírito Santo 1,12
São Paulo do Potengi 1,12
Arez 1,11
Santa Cruz 1,11
Currais Novos 1,10
Monte Alegre 1,10
Rafael Godeiro 1,10
Apodi 1,09
Encanto 1,09
Frutuoso Gomes 1,09
São Fernando 1,09
Taipu 1,09
Extremoz 1,08
Natal 1,07
Rafael Fernandes 1,06
São Vicente 1,06
Alexandria 1,05
Francisco Dantas 1,05
São José de Mipibu 1,05
Afonso Bezerra 1,04
Brejinho 1,04
Riachuelo 1,04

Zona neutra (Maior que 1,00 a menor ou igual a 1,03)

Serrinha 1,03
Tenente Ananias 1,03
Guamaré 1,02
São Gonçalo do Amarante 1,02
Caicó 1,01

Zona segura (igual ou menor a 1,00)

Montanha 1,00
Santo Antônio 1,00
São Francisco do Oeste 1,00
São José do Seridó 1,00
Parnamirim 0,99
Santa Maria 0,98
Grossos 0,97
Pau dos Ferros 0,97
Jardim do Seridó 0,96
Almino Afonso 0,95
Acari 0,93
Tangará 0,93
Macaíba 0,91
Cruzeta 0,90
Ipueira 0,90
Lagoa Nova 0,90
Lucrécia 0,90
Governador Dix-Sept Rosado 0,89
Janduís 0,89
Poço Branco 0,89
Senador Georgino Avelino 0,89
Ouro Branco 0,87
Upanema 0,87
Doutor Severiano 0,85
Parelhas 0,85
Açu 0,84
Paraú 0,84
Lagoa Salgada 0,83
Ceará-Mirim 0,82
Galinhos 0,81
Senador Elói de Souza 0,79
Bodó 0,78
Fernando Pedroza 0,77
Jardim de Angicos 0,75
João Dias 0,72
Felipe Guerra 0,70
Pilões 0,69
Porto do Mangue 0,64
José da Penha 0,62
Rodolfo Fernandes 0,60
São Bento do Trairi 0,56

Portal da Tropical

Deixe seu comentário

Educação Irmãos são aprovados em 1º lugar nos cursos de medicina da UERN e da UFERSA, em Mossoró

17 Abr2021

Por Jbelmont às 09h46

Foto: Arquivo Pessoal

Ao abrirem o site do Sistema de Seleção Unificado (SiSU), na manhã desta sexta-feira (16), os irmãos Diana Lívia de Sales Lima, de 18 anos, e Gildo Luiz de Sales Neto, de 19 anos, tiveram uma grande surpresa: ambos foram aprovados na primeira colocação para cursos de medicina.

Diana foi selecionada para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), enquanto o irmão, Gildo Neto, foi selecionado para a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, ambas na cidade de Mossoró.

Os dois concluíram o ensino médio, no Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Esta foi a primeira vez que eles fizeram o Enem para concorrer a uma vaga no SiSU. Ambos já haviam realizado o exame em anos anteriores, mas apenas como treineiros.

Filhos de uma professora e de um policial militar, eles contam que os pais nunca mediram esforços para proporcionar toda a base e todo o apoio para que eles chegassem a essa aprovação.

Diana conta a emoção que sentiu ao abrir o sistema e ver que ambos estavam aprovados. “Foi uma alegria que inundou o meu coração e o da minha família. Para ser sincera, não fiquei surpresa, pois as classificações parciais ao longo do processo já davam ótimos indícios de que nós dois passaríamos. Mas, mesmo assim, sempre dá aquele nervosismo”.



Os irmãos nem sempre sonharam em cursar medicina, mas o desejo pelo curso foi se tornando uma realidade durante o ensino médio, conforme relata Gildo Neto.

“Quando eu era mais novo, ficava muito em dúvida entre fazer alguma Engenharia ou Medicina como curso superior, porque sempre gostei tanto da área de Matemática como também da área de Ciências da Natureza. Mas, com o curso técnico em Mecânica que fiz no IF, eu pude ter um conhecimento maior sobre como é um curso na área tecnológica das Engenharias, e cheguei à conclusão de que Medicina era mais interessante para mim. Então, quando eu vi que minha nota no Enem tinha sido boa, eu resolvi arriscar para Medicina” conta.

Já Diana explica que sempre teve uma admiração pelo ofício e sempre foi uma área com a qual ela se identificava quando pensava em futuro, mas foi durante a pandemia e o isolamento social que ela decidiu tentar medicina.

“Tive muito tempo de introspecção para avaliar minhas decisões e, agora que fui aprovada, estou muito contente e satisfeita com a escolha que fiz”.

Mossoró Hoje 

Deixe seu comentário

Potiguar derrota o Força e Luz e obtêm segunda vitória seguida no Estadual

16 Abr2021

Por Jbelmont às 22h17

Marcos Santos/ Da Redação

O Potiguar derrotou o Força e Luz por 2x1 na tarde desta sexta-feira, 16, no Estádio Nogueirão. Foi a segunda vitória e seguida do time mossoroense no Campeonato Estadual.

O Potiguar começou em cima do adversário e abriu o placar com um minuto de jogo. Em jogada ensaiada de escanteio, o atacante Zé Flores, livre, completou para o fundo das redes.

O segundo gol não demorou. Zé Flores acionou Madson, que avançou e na frente do goleiro não desperdiçou. Potiguar 2x0.

Ainda no 1º tempo, o Força e Luz descontou, através de pênalti. Mayquinho, que entrou no posto de Jefinho, derrubou Biel Potiguar dentro da grande área. Com categoria, o atacante Vinicius Carvalho converteu em gol.

Na segunda etapa, o Potiguar teve a chance de ampliar, mas o ala Berriel, na frente do goleiro, perdeu a chance.

O Força e Luz se mandou para frente e pressionou o Potiguar. Foi aí que a estrela do goleiro Caio Borges brilhou ao defender dois arremates difíceis: um no cabeceio de André Costa e o outro no arremate de Sander de fora da área em que a bola tinha endereço certo.

Antes, o zagueiro Jheann Santos havia salvado o Potiguar ao evitar o gol do centroavante André Costa, que finalizou após driblar Caio Borges. Jheann tirou a bola praticamente em cima da linha.

No finalzinho, no contra-ataque do Potiguar, Alexandre Talento passou da marcação e serviu a Walber, que tocou para o gol, sem goleiro. O zagueiro Tiago Bob salvou em cima da linha.

O próximo jogo do Potiguar será na próxima quarta-feira, 21, diante do ABC, em Natal. O Força e Luz só voltará a campo no dia 28 no duelo com o Globo, em Natal.



FICHA TECNICA

Local – Estádio Nogueirão

Juiz – Tarcísio Flores

Potiguar – Caio Borges, Sandro, Jheann Santos, Wallace Ferreira e Berriel; Filipe Silva, Jefinho (Mayquinho/Fernando) e Mayron; Walber, Madson (Alexandre Talento) e Zé Flores (Hudson). Tec. Luciano Quadros

Força e Luz – Odair, Biel Potiguar (Ismael), Tiago Bob, Jadson (Manoel) e Caique (Ciel); João Victor, Cícero, Robertinho (Sander) e Histone; André Costa e Vinícius Carvalho (Felipe). Téc. João Paulo

Deixe seu comentário

Governo federal autoriza repasse de R$ 2,6 bilhões a estados e municípios para ‘kit intubação’ e leitos de UTI

16 Abr2021

Por Jbelmont às 22h07

Foto: Silvio Avil / Hospital de Clínicas

O presidente Jair Bolsonaro autorizou nesta sexta-feira a abertura de um crédito de R$ 2,6 bilhões para o Ministério da Saúde enviar aos estados para custeio de leitos de UTI e compra de medicamentos do chamado “kit intubação” utilizado em pacientes com Covid-19 e que precisam de ajuda na respiração, além de outros gastos relacionados à pandemia. Os repasses ocorrem após alertas de alguns estados para a possibilidade de escassez de medicamentos nos próximos dias.

Os valores foram autorizados por meio de medida provisória editada na noite desta sexta-feira e publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Mais de 33% dos municípios afirmam que há risco de falta de medicamentos do “kit intubação”, segundo pesquisa semanal da Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgada nesta sexta-feira. Na semana passada, 1.207 cidades alertaram sobre o perigo.

Nesta quinta-feira, a pasta anunciou envio para os estados de 2,3 milhões de unidades de medicamentos utilizados para intubação; todo o lote foi doado por empresas. Os insumos chegarão ao aeroporto de Guarulhos ainda nesta quinta-feira, às 22h30, de onde serão distribuídos para todo o país, devendo chegar em até 48 horas aos destinos finais.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, entretanto, cobrou que estados realizassem processos próprios de aquisição de remédios.

— Os estados também têm que procurar esses medicamentos, sobretudo grandes estados. Existem estados que têm economia maior do que de países, que têm condições de buscar esses insumos. Não é só empurrar isso para as costas do Ministério da Saúde, é uma atuação tripartite. Se instituições privadas buscam importações e trazem esses insumos para cá, por que grandes estados não fazem isso? Fica essa questão— afirmou Queiroga, ressaltando que não se deve “um atirando no outro” e que é hora de “esquecermos o Twitter”.

Com a abertura do crédito, o governo federal estima que os leitos de terapia intensiva exclusivos para pacientes com Covid-19 chegue a 21.300. Atualmente, segundo dados do Ministério da Saúde, há autorização publicada para 18.925 leitos.

Além da expansão de leitos e da aquisição do kit intubação, o dinheiro também será utilizado para que estados e municípios invistam na logística de pacientes, medicamentos e insumos estratégicos, além de outras ações e serviços públicos de saúde relacionados ao enfrentamento da pandemia.

Com informações de O Globo

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +